Supernatural e Fringe – Os 19’s

Fringe12-300x168Enquanto anjos, demônios e vários deuses se engalfinham pela liderança decisória rumo ao fim do apocalipse, os universos paralelos se fundem para trazer grandes surpresas e revelações.

É nesse clima eletrizante que os episódios de Supernatural e Fringe chegam ao número 19, arrebatando uma seqüencia final de temporada que está deixando os fãs vidrados na telinha!

 

Supernatural – 5.19 – Hammer of The Gods

SUPERNATURALEm uma parada para descanso num motel de beira de estrada, Sam e Dean encontrarão muito mais do que um estranho hotel 4 estrelas perdido no meio do nada….

Os dois foram atraídos para o hotel com iscas dos deuses. Isso mesmo, deuses, no plural! O evento é uma reunião entre os deuses de várias crenças e mitologias que deixam as diferenças de lado para lutar por uma vaga no apocalipse. A intenção do grupo é usar os irmãos Winchester como peça de barganha. Mas eis que surge Gabriel, disfarçado de Loki, para salvar a pele da dupla.

Liderados por Kali, a deusa da morte e da sexualidade, Loki tenta convence-los de que não serão páreo para Lúcifer e que enfrentá-lo pode ser um grande erro. O que ele não sabia é que Kali já havia descoberto sua verdadeira identidade – Gabriel – e tenta matá-lo com a lança de arcanjo. Só que Loki é esperto, a lança era falsa, e tudo não passou deum truque para despistar a deusa enquanto ele tentava livrar os Winchester de seu feitiço de sangue, que os prendia ao hotel.

Acontece que no meio da briga de titãs surge Lúcifer, a convite do traidor Mercúrio, com o corpo de seu receptáculo já em decomposição e mais apavorante do que nunca. Em poucos minutos ele extermina todos os deuses, começando, é claro, por Mercúrio. Gabriel entra em cena a tempo de salvar Sam, Dean e Kali (com quem teve um caso de amor no passado), e mesmo relutante em enfrentar seu irmão, os dois partem para uma luta de gigantes e Gabriel acaba morrendo pelas mãos de Lúcifer.

Com a batalha terminada e uma importante guerra pela frente, os Winchester recebem uma mensagem um tanto enfadonha, mas com um conteúdo altamente revelador, de Gabriel, gravada por ele antes de morrer: ele não está do lado dos anjos e nem dos demônios, está ao lado dos humanos. É por eles que lutou e neles que acredita. E a grande revelação: Lúcifer pode não ser derrotado, mas ainda há a chance de prendê-lo novamente de volta à jaula de onde foi libertado. Para isso, os Winchester terão de caçar quatro chaves que estão perdidas no mundo: os anéis dos Cavaleiros do Apocalipse.

A boa notícia é que os anéis da Guerra e da Fome eles já tem. O próximo da lista é a Peste, que deverá ser o tema do 20º episódio. Além disso, a revelação de Gabriel dá um novo gás ao final da temporada, encaminhando a história da série para uma solução mais lógica do que a morte de Lúcifer… Se não, não existindo mais demônios, como poderia haver uma 6ª temporada?

Em tempo: ainda me surpreendo com a capacidade do senso de humor típico do Dean arrancar ótimas tiradas e fazer piadas nos momentos mais inoportunos, deixando a série sempre afiadíssima e me fazendo ficar cada vez mais fã!

 

Fringe – 2.19 – The Man From The Other Side42034ec26041bd8bbd2f40b3bd7e5aae-200x300

E lá estamos nós, com Walter novamente tentando contar à Peter a verdade sobre sua origem, e ele quase o faz, mas é interrompido por um chamado da divisão Fringe.

Dessa vez a missão é descobrir o paradeiro e o objetivo dos transmorfos que surgiram no pedaço. Mas do trio, um deles não consegue completar a mutação e acaba ficando no depósito, de onde o Dr. Bishop imediatamente transfere para o laboratório e inicia uma série de testes com descargas elétricas para dar vida aos monstrengo e interrogá-lo, numa cena perfeita que remete aos melhores filmes de terror ou ficção alienígena. Sem grande sucesso, o resultado é alcançado com ajuda da Massive Dinamic, e a divisão descobre que os universos estarão plenamente sincronizados às 15h30 do próximo dia.

A partir da notícia, o objetivo principal passa a ser que a equipe consiga impedir o que quer que Newton esteja tentando trazer para cá. Enquanto os transmorfos marcam os pontos principais para que o portal seja aberto, um série de alternativas passa em nossas mentes, mas a que mais me intrigava antes da descoberta de que precisavam apenas entrar nos locais que marcavam os pontos x’s era a idéia de que o transmorfo precisava entrar no necrotério com a ajuda do médico interrogado pela divisão para que a transferência trouxesse um exército de transmorfos até o depósito ideal de corpos. Claro, minha teoria estava errada…. rs

Peter ainda revela a Olívia um segredo de família ao dizer que acredita que, na verdade, o que Walter está tentando lhe contar é a forma como a mãe de Peter morreu, e que não foi um acidente, e sim, um suicídio. O por que, até então permanecia um mistério. Na cabeça de Peter era apenas pelas insanidades de Walter, que podem tê-la cansado…

Finalmente, quando chega o grande momento de sincronia entre os universos, Walter está com todo o equipamento pronto para impedir a transferência, mas algum detalhe dá errado, e é Peter quem fica na ponte para consertá-lo. Durante a transformação, Peter consegue ver um homem caminhando em sua direção e o oficial do FBI se desintegrar completamente, enquanto ele permanece ileso. A força da ação acaba empurrando Peter contra o carro e a pancada na cabeça lhe rende 1 dia e meio desacordado no hospital. Quando ele desperta, já está certo sobre a verdade que Walter iria lhe contar, dada a mesma exposição aos efeitos da colisão entre os universos que desintegrou o agente e não ao Peter. E a reação dele, como Walter previa, não foi das melhores, fazendo com que ele desapareça do hospital sem deixar vestígios.

Agora os próximos passos serão descobrir o paradeiro de Peter e saber se ele vai se reconciliar com Walter, ao mesmo tempo em que será revelada a identidade e os objetivos do “Sr. Secretário”, o homem que atravessava a ponte durante a sincronia e que, sim, conseguiu vir para o nosso universo.

Ao término desse episódio a única coisa que passava pela minha cabeça era a teoria de que talvez o homem que esteja tentando vir para o nosso universo seja o outro Walter, que ficou sem o filho e agora quer vingança, dando-nos uma possível enigmática luta entre os dois Walters por um único Peter….. Será???

Teorias a parte, o grande feito dessa segunda temporada de Fringe está sendo a capacidade dos roteiristas em interligar os casos isolados com a história da série, sem que fiquem muitas pontas soltas ou episódios avulsos…. Difícil mesmo é esperar uma semana pelo próximo episódio!!!!

2 comentários:

Adelson (TD Séries) 26 de abril de 2010 20:21  

Olá, Letícia!

Que ótimos episódios tivemos esta semana! A época de final de temporada é sempre uma alegria para os fãs. :-)

A reunião dos deuses em Supernatural foi bacana demais. Minha grande expectativa ainda é se veremos "O" Deus. Se ele não der as caras nesta temporada ficarei muito, mas muito decepcionado mesmo. E eu não tinha me tocado do ponto que você citou quanto à morte de Lúcifer: se ele morresse mesmo, o que sobraria para os Winchester?

E Fringe continua se superando a cada episódio. Este foi mais um fantástico! Compartilhamos da mesma teoria: para mim o Sr. Secretário é o Walter alternativo, que resolveu vir cobrar seus direitos.

Grande abraço e parabéns pelo texto!

Letícia 26 de abril de 2010 20:31  

Pois é, Adelson!!

Se Lúcifer se for, não resta muita história para as batalhas dos Winchester.... Mas que seria demais ver um confronto entre ele e "O" Deus, ah, isso seria!!!! hehehe...

E no fim eu também acho que o Peter voltas às boas com Walter... Fringe sem a dupla dinâmina, não é Fringe... rs

Finais de temporadas eletrizantes!!!!!

Obrigada pela visita!!! Abração!!

Related Posts with Thumbnails
.
Aqui você encontra
Comunicação, música, cinema, arte, publicidade, literatura, entretenimento, mundo e outros devaneios...
.
.
A loucura é uma ilha perdida no oceano da razão.
(Machado de Assis)
.
.