Flipped

imageA história não tem grandes segredos: dois garotos de 7 anos que se conhecem e começam a descobrir o sentimento de atração um pelo outro, mesmo sendo tão diferentes. A velha trajetória do primeiro amor, etc e tal…

Mas quem não gosta de reviver essa fase? Ainda mais com aquela dose extra de saudosismo, em plenos anos 50-60…

Em reumo: o filme conta o relacionamento entre dois vizinhos e colegas de escola, a menina Juli (Madeline Carroll) e o garoto Bryce (Callan McAuliffe) dos 7 aos 13 anos. Juli apaixona-se instantaneamente por Bryce assim que o caminhão de mudança chega ao bairro. Como sempre acontece com os meninos, Bryce demora seis anos para descobrir a menina inteligente, generosa e linda que Juli é e, finalmente, sentir o mesmo amor. A história é contada do ponto de vista de ambos, alternadamente, criando aos poucos o universo interior dos dois, e a evolução de atitudes de meninas e meninos com relação ao sexo oposto.

Longe de ser parecido com o filme 'Meu Primeiro Amor' com Macaulay Culkin, está mais para uma parecida versão jovem do recente '500 Dias Com Ela' (adorável, por sinal!). Um história sem tecnologia ou outros meios de diversões atuais, 'Flipped' é um filme delicado e para toda família, que explica de forma simples e emblemática descoberta do primeiro amor. Está previsto para chegar em Outubro por aqui e, ainda é incerto se virá para as telonas ou direto no dvd…

Nas mãos de Rob Reiner , responsáveis por sucesso como “Conta Comigo” e “Questão de Honra”, o longa recebe traços ainda mais sinuosos, que tranformam a história em uma daquelas obras de arte que podem não ser grandes fênomenos do público mas tornam-se tão agradáveis como a pintura de um estranho que decora a parede da sua sala…..

Destaque para as presenças de Anthony Edwards, Rebecca De Morney e uma trilha sonora que agradará aos mais antigos…. Eu quero ver…

 

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
.
Aqui você encontra
Comunicação, música, cinema, arte, publicidade, literatura, entretenimento, mundo e outros devaneios...
.
.
A loucura é uma ilha perdida no oceano da razão.
(Machado de Assis)
.
.