Da série “eu me pergunto…”

duvida-cruel-02Essa tal manifestação da solidariedade..

Com a chegada do fim de ano, o espírito solidário parece que toma conta das pessoas. Empresas se mobilizam, mil e uma campanhas tomam forma e uma infinidade de famílias pode desfrutar de uma ceia de natal digna e farta com a ajuda do próximo. Mas e durante os outros 364 dias?

É notório que nas últimas décadas as ações de solidariedade vem crescendo, mas ainda são insuficientes para dar conta dos reais problemas sociais enfrentados pelas comunidades.

Claro que seria uma infâmia culpar apenas a população por isso, já que o problema vai muito além do ‘espírito’. E já começa lá no alto escalão governamental, que estabelece políticas desenfreadas que incentivam não  necessariamente a cidadania por parte de quem pode contribuir mas, infelizmente, muitas vezes acabam por estimular a ‘folga’ por parte de quem recebe o apoio.

Se simplesmente meu filho indo à escola ele recebe o bolsa família e como eu tenho ‘trocentas crianças em casa o governo fica com dó de mim e me oferece o bolsa auxílio, por mais que isso não represente fartura, pra que eu vou trabalhar?? Nem imposto eu pago e ganho tudo isso? Qual a lógica numa situação como essa quando ela deixa de ser um momento adverso para se tornar cotidiano?

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
.
Aqui você encontra
Comunicação, música, cinema, arte, publicidade, literatura, entretenimento, mundo e outros devaneios...
.
.
A loucura é uma ilha perdida no oceano da razão.
(Machado de Assis)
.
.