Ok! Eu me rendo!

imageTudo bem, gente, eu admito. Depois de “What Goes Around ... Comes Around”, eu passei a gostar de Justin Timberlake…. Desde que ele surgiu no ‘N Sync, que era o namoradinho da Britney, etc e tal, eu não gostava dele. Não me pergunte por que, eu simplesmente não sei. Só não gostava e pronto. Quando ele lançou aquela música ‘Señorita’ então, eu tinha vontade de atirar no rádio! Mas bastou começar aquela batida irresistível do novo hit que eu não resisti – me rendi aos encantos do moço....

Não sei se foi a prática do zouk combinada com a nova apuração musical ou o quê, mas eu aprendi a gostar de Justin Timberlake... Quem diria... Eu acho que foi o zouk….

Depois que me deixei enfeitiçar pela música, fui espiar o trailer, e foi outra grata surpresa.... Elaborado em forma de curta-metragem ao estilo cinematográfico, o vídeo foi dirigido por Samuel Bayer e dirigido por Nick Cassevetes, com participação de Scarlett Johansson e Shawn Hatosy – já deu pra ter uma idéia do que vem por aí, certo? Em clima de Moulin Rouge em plenos anos 50, o vídeo narra a história de amor entre Justin e Scarlett, que termina tragicamente em traição e morte, como não poderia deixar de ser...

A letra da música, não menos longa que o clipe, também aborda como tema a desilusão amorosa do rapaz e a expectativa de que um dia a garota compreenderá que “what goes around / comes all the way back around”. E a batida, simplesmente incrível, convence até os quadris mais durões a quererem dar uma mexidinha involuntária....

Visual perfeito, harmonia sonora, atuações de peso... O vídeo ficou no topo do sucesso em 2007 e ganhou um MTV Video Music Awards de Melhor direção, perdendo a classificação de Vídeo do Ano para Umbrella – sucesso que consolidou Rihanna nas paradas e, apesar de ser um clipe com produção caprichada, certamente levou o prêmio influenciado muito mais pelo estouro da moça, porque depois que vir os dois clipes, concordará comigo que a produção de Timberlake era mais a cara do prêmio.

 

 

E  para tirar a dúvida, Umbrella....

 

 

Bom, paixão declarada pela música citada à parte, Timberlake é um cara que sabe investir e construir seu império particular. Aproveitou os bons ventos do sucesso e montou outros empreendimentos, entre eles sua própria gravadora, linha de roupas, restaurantes e uma carreira no cinema. Também é modelo, designer, apresentador, ativista social e tudo que pintar e ele achar interessante fazer. Já foi considerado por muitas publicações como um artística completo, que também compõe e idealiza seus sucessos. Realmente, mesmo quando não gostava dele eu tinha que reconhecer que ele tinha um talento nato para a coisa.... Agora que a antipatia foi embora, só comprovo isso....

Vale também conferir as parcerias do moço com outros artísticas da música, como Madonna, Timbaland, Leona Lewis e tantos outros....

 

 

No cinema ele também conseguiu umas atuações boas, mas o destaque da vez é A Rede Social, em que está na pele de Parker, um dos executivos responsáveis pela construção do Facebook. Vou ver o filme esses dias, depois conto aqui se ele se saiu bem ou não....

 

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
.
Aqui você encontra
Comunicação, música, cinema, arte, publicidade, literatura, entretenimento, mundo e outros devaneios...
.
.
A loucura é uma ilha perdida no oceano da razão.
(Machado de Assis)
.
.