Os contos são para os corajosos…

imageLembra quando contar história para criança dormir era a coisa mais tradicional e nostálgica do mundo? Pois agora essa tarefa pode ser muito mais que um momento de cumplicidade. Eu diria até que tornou-se um dos grandes desafios do mundo moderno, em que as crianças são mais ágeis para as novidades do que nossas mentes sempre ocupadas e preocupadas são capazes de acompanhar…

O Fê é meu amigo de faculdade. Entre as idas e vindas do destino, agora raramente nos vemos, nos falamos tantas vezes quanto o tempo permite e prometemos mais visitas do que talvez realmente possamos cumprir. Mas é um daqueles seres que a presença se faz sempre mais forte que a ausência física ou os limites geográficos. Uma de suas formas de marcar presença é através de seu blog, Fonsequense. Vale muito a pena conhecer!

E é de lá que saiu esse post pra lá de perfeito, que retrata como ninguém a geração do momento:

 

TENTATIVA NÚMERO QUATORZE

“...depois disto, a mocinha percebeu que estava sendo seguida  por um ogro e...”

“o Shrek?!”

“não. um daqueles que são do mal.”

“e daí ela chamou o Capitão Nascimento?”

“não, ela estava na floresta.”

“mas ele tem helicóptero!”

[suspiro]

“ok, vamos mudar de história. tem essa do João e Maria que se perderam...”

“eles não tinham GPS no celular?”

“não [suspiro], eles não tinham celular.”

“nem um pré-pago?!”

“nem um pager, caramba! nem máquina de escrever!”

“você está estressado, acho melhor falar com seu analista.”

“continuando. João e Maria viram que a casa era feita de doce...”

“era light? porque a mamãe disse que doce tem gordura.”

[suspiro número sete] sim, era tudo light. e [supiro reloaded] eles comeram tudo e viveram felizes para sempre. fim.”

“não é ‘fim’, é ‘the end’, eu vi no filme do Shrek.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
.
Aqui você encontra
Comunicação, música, cinema, arte, publicidade, literatura, entretenimento, mundo e outros devaneios...
.
.
A loucura é uma ilha perdida no oceano da razão.
(Machado de Assis)
.
.