As 10 Mais…

imageEu concordo: ninguém resiste a uma listinha de 10 Mais....

Então vamos fazer o seguinte, toda semana publicamos aqui um ranking “10 Mais” de sites como Lista10, Ranks e outros, algumas curiosas, outras espantosas... E você está convidado a participar comentando os rankings ou sugerindo novos temas para abordarmos!

E a lista de hoje é: “As 10 melhores músicas bregas dos anos 70 e 80”.

Quem nunca cantou e dançou com Sidney Magal ao som de Sandra Rosa Madalena que deixe de ser mentiroso e assuma, pelo menos pra si mesmo, aquela balançadinha básica de quadril ou pezinho batendo embaixo da mesa, vai!

 

As Dez Melhores Músicas “Bregas” dos Anos 70 e 80

Chame do que você quiser:  Trash, Retrô, Vintage, Cafona, Lixo, Cult… Para mim é música brega. Sem pejorativo, sem classificação, sem medo de sair cantando pela sala… Veja a minha lista. Com certeza você lembra de outras, não se acanhe, diga aí pra gente!

1 – Sandra Rosa Madalena – Sidney Magal

2 – Você é Doida Demais – Lindomar Castilho

3 – Conga  La Conga – Gretchen

4 – Pare de Tomar a Pílula – Odair José

5 – Siga Seu Rumo – Pimpinella

6 – Espelho Meu – Silvio Brito

7 – Cadeira de Rodas – Fernando Mendes

8 – Farofa-fá-fá -Mauro Celso

9 – Não se Vá – Jane e Herondi

10 – Eu Sou Rebelde – Lilian

By Ranks

 

2 comentários:

Giuliano 18 de maio de 2011 01:01  

Tenho algo a confessar! Minha mãe disse que eu imitava o Sidney Magal cantando Sandra Rosa Madalena! rs

Ahh. E nesse ranking está faltando Ovelha, Reginaldo Rossi, Cauby(muito brega), Waldick Soriano(Eu não sou cachorro não.....rs) e toda a Jovem Guarda!

Sugestão: 10 bandas de uma música só!

Letícia 18 de maio de 2011 20:10  

Ahhhhh, precisamos descolar um vídeo dessa sua época... Vai para _Todos!!! rs....

E concordo, faltou esse povo e mais um: Wanderley Cardoso.... Pra ser boa mesmo, a lista tinha que ser algo do tipo "os 30 mais"...

Sugestão anotada! Em breve publicaremos aqui! Valeu!

Related Posts with Thumbnails
.
Aqui você encontra
Comunicação, música, cinema, arte, publicidade, literatura, entretenimento, mundo e outros devaneios...
.
.
A loucura é uma ilha perdida no oceano da razão.
(Machado de Assis)
.
.