Caçadores de Oportunidades

imageO povo pode estar com a grana curta, mas nunca dispensa uma festa. Foi seguindo essa linha de raciocínio que a festa “Cerca o Frango” tornou-se uma das mais promissoras propostas de sucesso para o ramo do entretenimento no interior paulista.

Com quatro edições de sucesso realizadas, o público não pára de crescer e os organizadores já se preparam para atender a nova demanda que vem por aí, buscando transformar a cidade de Salto em um pólo turístico quando o assunto é festa.

Tudo começou como uma festa informal que alguns amigos resolveram promover como forma de levar diversão para o interior. Chamaram amigos com bandas de sucesso na região, convidaram os conhecidos, ofereceram algumas canecas de cerveja, tudo bem perto. Aos poucos, as bandas e grupos musicais a se apresentarem foram subindo alguns degraus, os amigos que gostaram chamaram outros, e a cerveja garantiu estoque para fazer a alegria de todos. Resultado: o negócio explodiu e começa a tomar a mesma proporção que as populares micaretas do interior representam em outras localidades.

Com essa visão, os agora empreendedores que começaram essa história querem mais.

O objetivo principal, segundo eles, é aquecer o comércio local e tornar a cidade uma referência turística no ramo de entretenimento. Para isso, conquistaram o apoio do secretário de governo do munícipio de Salto, Gilmar Mazetto, além de um local próprio para comportar a estrutura proposta. A “Arena Cerca o Frango” será construída na Rodovia Convenção, estrada Salto/Itu, no terreno do Grupo Gandini, em frente ao antigo CREB – Clube Recreativo dos Empreendedores da Brasital. “Agora poderemos oferecer um espaço amplo, confortável, que irá atender as nossas necessidades e do nosso público também. Com um planejamento modular, aproveitaremos o espaço com flexibilidade para atender de 3,5 mil pessoas até 15 mil pessoas”, explicou um dos organizadores do evento, Felipe Bernardo.

“Além da boa localização, o terreno conta com quase 20 mil m², praticamente dez vezes maior que o antigo espaço usado para as primeiras festas”, salientou o organizador Marco Pinheiro

“Queremos que um dia nosso evento seja considerado patrimônio da cidade, pois dedicamos esse sucesso a todos nós saltenses, que de uma maneira ou de outra ajudaram, participaram ou abrilhantaram a festa com sua presença”, finaliza Rodi Toledo também organizador.

Podemos dizer, em poucas palavras, que os rapazes souberam aproveitar a oportunidade certa para fazer um negócio dar certo: partiram para os atrativos que o brasileiro jamais dispensa, esteja ele preparado financeiramente ou não para isso. Sem dúvida alguma o negócio trará sim muitos benefícios para a região, que já vive atualmente um grande momento de expansão e crescimento.

 

image

Felipe Bernardo, Gilmar Mazetto, Rodi Toledo e Marco Pinheiro

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
.
Aqui você encontra
Comunicação, música, cinema, arte, publicidade, literatura, entretenimento, mundo e outros devaneios...
.
.
A loucura é uma ilha perdida no oceano da razão.
(Machado de Assis)
.
.